domingo, 24 de maio de 2009

DESENHA




Desenha-se o silêncio no horizonte tardio,



raiado de finos oiros do astro mor,



e seu contorno ora esgrime-



e noutras voltas oprime -



aquela que o olha emornecida de profundo e alvo amor.



Ó noite que te aconchegasem seus braços frios e dormentes,



responde-lhe, se é que podes,



com que fins tu sobes como cinzelada ermidade



sonhos e ilusões ausentes.



Pudessem as estrelas contar-te!...



Mas seu feito é de tal grandeza,



que bocas mil se espantam



outras tantas se encantam no exemplo feito vida,



na dor feita firmeza.



Quantos soluços são abafados nas horas que em ti se estendem?



Quanta ânsia amordaçada,



quanta lágrima ocultada,



nesta tua tarde esmorecida.



E quão poucos os que isto entendem:



pior do que morrer na morte,



é a dor de sofrer a morte em vida.




com carinho, Larissa-24/05/2009

CORAÇÃO NAVEGANTE

Os movimentos do mar
Me trouxeram novamente
Para finalmente atracar
Plantei uma semente
Para que pudesse te reencontrar
Criou-se árvore diferente
Um faról dislumbrante
Referência de navegante
Casa em terra firme
Porto seguro e aconchegante
Amor tão sublime
Que fez me teu eterno amante
Sempre a descobrir
Sensação intensa e viciante
No prazer de te sentir
Como se não houvesse o antes
Acho que os anos irão se passar
Com aquela certeza que teremos no olhar
E as eternas ondas da vida
Virão com gotas silenciosas de saída
Despercebidas, frente ao nosso beijar
E a casa se fará mantida
Para que o casal possa nela descansar

Decimar Biagini

sábado, 23 de maio de 2009


VIM TE BUSCAR


Hoje vim te buscar no meu pensamento
Quem me trouxe até aqui soprou forte
Foi o vento

Na viagem colhi fruta madura
Flores do campo pra te aliviar
Vi pássaros, ouvi trovões
A chuva veio pra me molhar

Não resistindo ao encanto da chuva
Deixei a agua cair sobre o meu corpo
Lavei a alma e coração
Senti leveza
Quis voar

Meu vôo foi intenso
Comecei tirando devagarinho os pés do chão
Aprendi a flutuar
Uma andorinha que andava apressada parou para olhar
Me convidou para com ela ver o verão chegar

Assim fomos juntas
E como mágica comecei a voar
Voava leve e solta
Vi terras, cachoeiras e florestas
Num instante já estava no mar

Nadei com baleias e golfinhos
Conheci a estrela do mar
Mergulhei nas profundezas do oceano
Vi corais e navios perdidos
Vi a vida atë então desconhecida
Vi a luz da lua a jorrar na ägua o encanto do luar

De volta estava com os pés na terra
Já estava quase lá
De tão lindo que foi caminho
Jurei um dia voltar

Te encontrei sozinho, sentado num canto a chorar
Me aproximei de mansinho sem saber o que falar
Não sabia o que houvera
Nem tampouco como parar
De repente a primavera
Veio com as flores perfumar


O perfume exalou
De novo quis voar
Desta vez minha companhia
O vento ajudou a carregar

E Entre terras tão distantes
Não mais quis te deixar
Vem comigo meu amor
Este mundo desbravar!


Larissa

quinta-feira, 7 de maio de 2009

SENTIMENTOS



O que me diz seu olhar?

Seu olhar me diz tudo

e não só diz,como também seduz me encanta, paralisa, me acalma.

Seu sorriso é mágico!

Me traz alegria,esperança; me faz acreditar que tudo é possível.

É a cura de todos os meus males ,de todas as minhas fraquezas.

Seus gestos simples me impressionam, me confortam,me trazem ternura.

Você me faz viver cada dia intensamente e me faz querer aprender mais e mais contigo.

Seus pensamentos,difícil entender ! são complexos.

Me fazem refletir sobre tudo que existe. Te entender...é algo que eu sempre tento.

Mais que os seus sentimentos, sua alma é nobre ,é pura, é um grande raio de luz que ofusca meus olhos com o seu brilho, que me faz querer acreditar que o bom e o certo ainda existem.

Meu coração bate cada vez mais forte.Ele sorri para ti porquê você alimenta este sentimento.

Você transformou o impossível em possível, e mostrou que um coração não vive sem carinho.

Você estendeu suas mãos para mim e eu em uma única oportunidade segurei a sua.

Me senti segura.

Você faz parte de mim e eu de ti.

Resgatamos nobres sentimentos.

E eu procurava a ti e você a mim.

Dois corações...juntos...em um começo sem fim !


Larissa-07/05/2009-22;45

quarta-feira, 6 de maio de 2009

JARDINEIRA DE PALAVRAS: SENTIDOS

JARDINEIRA DE PALAVRAS: SENTIDOS

SENTIDOS


O mais provavel entre dois amantes é a convicção do sentimento completo, coisa de pele.Queima sem ter fogo, acende sem fagulha.....Doi sem tormento, é muito forte vem de dentro, faz sentir um ao outro, não consiste em durar mais gera falta, atrai....feche os olhos e sinta, é muito mais que uma cor, corroi a culpa, promulga, mas é de sempre......Coisa de Pele.É ter sua lembrança estampada com meu desejo, marcada pelo beijo, atribuida a seus braços num simples toque no rosto, um aperto, o som do respirar, palpitação sem manipular. Coisa de pele é ter perto de mim algo que não está numa pequena lembrança, em um flash um piscar.........

O INÍCIO

Tudo começou pelas idéias e confesso que demorou até chegar ao papel. Depois de alguns anos, os papéis ficaram amarelados e resolvi digitar tudo. Então percebi que era muita coisa, muitos sentimentos, muitas flores e muitos espinhos.O incentivo que dava à minha mãe para publicar um livro, passou ser o meu incentivo.Nos meus escritos, por assim dizer, tem um pouco de tudo, um pouco da vida, falo da natureza, das coisas simples, sofisticadas, de mim, de alegrias, triztezas, decepções, drogas e vontade de ver pessoas cada vez melhores a fim de construir , ou reconstruir esse mundo para legá-lo a gerações futuras.Sou jurista e não advogada. Não advogo porque não é minha vocação. Adoro ler e estudar, por isso migrei para a área científica do Direito.A minha verdadeira vocação é ARTES. De todo tipo: Dança, teatro, Artes plásticas, música, fotografias!Sou do tipo de tem ALMA DE ARTISTA. Sou cheia de ideais e esse fato muitas vezes me leva à profundas decepções, mas também tem suas recompensas. Então fico com as recompensas!Tenho um propósito bem latente hoje: O COMBATE ÁS DROGAS. A Droga é um Câncer e não prejudica e mata só quem a utliliza, destrói também a família.Poesia, hoje para mim, é um modo de vida. Uma maneira que encontrei para descarregar sentimentos oprimidos. Então escrevo muito. Tenho poesias mirabolantes até as mais singelas.MÚSICA: ahhhh, a música, o que seria do ser humano sem uma melodia. Apesar de já ter feito piano, violão e flauta, não toco, mas gosto de ouvir as mais variadas canções e os mais variados artistas. Comecei a valorizar também a música sem rótulos. Sim. Aquele que seu vizinho compôs e você acha bonita, aquela que você compôs e gostaria de gravar. Eu, por exemplo tenho várias letras de músicas, só falta a melodia-por pouco tempo!O verbo desse blog é FAZER!Já deixei de ficar de braços cruzados a muito tempo. Sempre fiz. No meu tempo...mas sempre fiz!Consigo hoje, pensar 10 vezes antes de falar, pois posso magoar alguém ou minha fala pode ser fruto de uma mentira ou fofoca, então procuro cultivar a fala amorosa e deixar de lado a fala imprópria e inadequada.Por muitos anos analisei a palavra PERDÃO; e sinceramente acho muito difícil perdoar. Então arranjei uma saída: NÃO ME OFENDER! Dessa forma não preciso perdoar, porque não fui ofendida.Gosto muito de ler e estudar filosofia e ultimamente estou estudando doutrinas e religiões orientais.Apesar de não parecer, eu tenho uma tremenda habilidade para falar em público, principalmente com a platéia cheia. Quanto mais gente melhor.A DANÇA: é minha asa. Dançando consigo voar, plainar...Gosto de danças nas suas diversas formas, só não me convide pra dançar Funk.ARTES PLÁSTICAS: a pintura , seja ela qual for é o nosso retrato do dia. Gosto muito de pintar. Me relaxa e eu viajo nas cores. Gosto de Monet, Picasso e Portinari. Acho Da Vinci incrível, mas não faz meu estilo. Bem, adoro artistas desconhecidos, aliás são os que eu mais gosto.Quando a gente cresce, percebe que ser uma constante na vida é praticamente impossível. Nós somos seres de "altos e baixos", principalmente nos dias de hoje, onde as doenças mentais cresceram absurdamente. As pessoas hoje são tão preocupadas, correm de um lado para outro, as crianças sofrem de hiperatividade, ninguém tem gentileza no trânsito, ninguém tem mais paciencia.O mundo precisa urgente de uma palavrinha mágica chamada TOLERÂNCIA! A TOLERÂNCIA no meu ponto de vista, é a bola da vez desse século. E quando digo tolerância falo de sentido amplo. Tolerancia no trânsito, no trabalho, dentro de casa, ao telefone, com amigos, com estranhos, com a natureza, com o planeta, com VOCÊ! Sim. Temos que ser tolerantes com nós mesmos também. Se eu não consigo ser tolerante e amável comigo mesma, como conseguirei ser com quem está ao meu lado?É isso, aos poucos todos que entrarem ou participarem desse blog irão me conhecer um pouquinho melhor e o mais importante, se esforçarão para ser pessoas melhores.COMO NÃO POSSO MUDAR O MUNDO, VOU COMECAR PELAS PESSOAS!Larissa

Loading...