quarta-feira, 21 de abril de 2010

APRENDI A ME CONHECER


Aprendi a me conhecer


lentamente.

A mudar

rapidamente.



Quando me descubro já não sou.





Nunca estou satisfeita com que pude fazer,

com o que pude realizar.

O que pude dizer,

o que fui capaz de sentir.



Sou perfeccionista com o passado.



Protegi meus sonhos

em mantas grossas ,os ombros cobertos,

como uma criança adormecida.

Tentando escapar do frio de palavras.



Por um pequeno descuido, um ínfimo deslize,

declarei meus segredos ao mundo.

As respostas chegaram

em forma de versos.



Atrevi a desconhecer-me

e então me reconheci!

quarta-feira, 7 de abril de 2010

Rompimento


Foi necessário, não havia outro jeito... Tudo que eu acreditava estava tão distorcido, que tudo em mim diante dos valores do Mundo tão perfeito era defeito! Trair era ser "descolado" ! Jogar , dissimular, arquitetar um tombo do semelhante era ser "esperto"! O amor incondicional é coisa de romancistas do passado ( ainda existe, mas é raro) ...parece - me que hoje em dia tudo é um tremendo "escambo" e para ser aceito é necessário, no mínimo, vestir o traje do padrão e manter cartas na manga. Andar pelado é estar só com a alma e pra mim alma sempre foi tão tudo. Mas os olhos críticos da nova inquisição instalada zela pela camisa de força até o topo da forca nos passos de quem deve se manter cego, surdo e mudo! Foi necessário... não havia outro jeito. Ou me amoldava à hipocrisia do santo consumo nosso de cada dia ou então, vestia definitivamente a carne marcada da poesia crente de que o Mundo um dia possa ser diferente!

Cid Cândido de Oliveira - 07/04/2010 - Marilia-SP

sábado, 3 de abril de 2010

ADORNO PRO CORAÇÃO



Adorno pro coração

Buscarei o teu bem na
Flexibilidade do amor
Sem algemas e correntes,
Pulseiras são adornos pros braços
Coração adora sentir
Abraços,
Afagos.

O anjo que nos protege é o mesmo,
A fidelidade que nos cabe, também.
Pois o amor estar a salvo da razão,
Coração livre adora,
Adorna,
Amorna a alma

Algemas prendem,
Privam...O abraço!

Força de um sentimento


Invisto nesse sentimento puro
sabendo a importância desse amor
algo indescritível, posso dizer...
belos são os seus olhos e você, a fina flor!

E tudo torna-se mágico
leveza, harmonia, amor e poesia
lindo é viver um sonho lógico
e ter você no dia-a-dia...

E a força desse sentimento
se faz pelo pulsar que aflora
é como um acorde num lamento
é como o pontear de uma viola...

Você é força, razão que propaga
anseios e cores, que só você é capaz
é uma mão que me afaga
é um sorriso que transmite paz...

Razão de uma força que transmite vida
você é fonte que transborda amor
e cicatriza qualquer ferida
e faz de mim um sonhador!


(Robson Ruas) - ® Direitos reservados
Publicado no "Recanto das Letras"
Código do texto: T2045177

quinta-feira, 1 de abril de 2010

Aprendi Que se aprende errando !!!

Aprendi
Que se aprende errando
Que crescer nao significa fazer aniversario
Que o Silencio é a melhor resposta,
Quando se ouve uma Bobagem
Que trabalhar não significa so ganhar Dinheiro
Que amigos a gente conquista mostrando oque somos
Que os verdadeiros amigos sempre ficam com voce ate o fim
Que a maldade se esconde atras de uma bela Face
Que nao se espera a felicidade chegar,Mas procura por ela
Que quando penso saber de tudo ainda não aprendi nada
Que a natureza é a coisa mais bela
Que amar significa se dar por inteiro
Que um so dia pode ser mais importante que muitos anos
Que ouvir uma palavra de carinho faz bem a saude
Que dar um carinho tambem faz bem
Que sonhar é preciso
Que se deve ser criança a vida toda
Que nosso ser é livre
Que Deus não proibe nada em nome do amor
Que o julgamento alheio nao é importante
Que o que realmente importa é a paz interior
E finalmente,Aprendi que não se pode morrer,pra se aprender a viver...

Ass: Edson Bons Momentos !!!

A FOLHA CAIU


Estás a


Pensar, repensar, remoer,

Triturar o insolúvel

Na água do que já foi...

A folha caiu,

O vento partiu o galho,

A poeira cobriu pegadas,

Os caminhos se bifurcaram,

Cada um seguiu o seu.

É tarde. Vês as estrelas?

Anoiteceu.

O giro da terra é adiante

No rumo do novo dia

Que, como sempre,

Vai nascer.

Enterra o pensamento

No cemitério em sombras

Que apagam epitáfios.

Outros, virão à luz

Com o sol maravilhando veredas

Que desafiam a intenção.

Caminhos divergentes

Lá na frente se cruzam,

E o que foi pode vir a ser

Em circunstâncias diferentes.

A folha caiu,

O galho se partiu espalhando sementes.

O solo guardou.

Espera a planta brotar!

MÃOS QUE SE ENCONTRAM


Que belo o encontro das mãos,


mãos que se unem movidas pela delicadeza de sentimentos

que se encontram como amigos em um caminho

que se juntam, e gentilmente misturam-se em suas emoções



Que bela a dança das mãos

onde os dedos se entrelaçam mansamente

numa performance de eterno carinho

no ritmo cadenciado de dois corações.....



Ah! A beleza de estar de mãos dadas........

um gesto singelo de querer bem.....

como se as almas, estivessem atadas

de há muito tempo além...



Essas mãos que por minutos se aproximam



No toque mágico do amor



São as mesmas que sozinhas ficam



Na solidão e na dor....





Mãos que se distanciam lentamente



aceno solitário em despedida



são mãos que outrora tão contentes



mesclavam-se na essência da vida....





Há que se buscar urgentemente



Um antídoto para esta agonia



Posto que a união é inerente



Ao amor... que é a própria harmonia.

O INÍCIO

Tudo começou pelas idéias e confesso que demorou até chegar ao papel. Depois de alguns anos, os papéis ficaram amarelados e resolvi digitar tudo. Então percebi que era muita coisa, muitos sentimentos, muitas flores e muitos espinhos.O incentivo que dava à minha mãe para publicar um livro, passou ser o meu incentivo.Nos meus escritos, por assim dizer, tem um pouco de tudo, um pouco da vida, falo da natureza, das coisas simples, sofisticadas, de mim, de alegrias, triztezas, decepções, drogas e vontade de ver pessoas cada vez melhores a fim de construir , ou reconstruir esse mundo para legá-lo a gerações futuras.Sou jurista e não advogada. Não advogo porque não é minha vocação. Adoro ler e estudar, por isso migrei para a área científica do Direito.A minha verdadeira vocação é ARTES. De todo tipo: Dança, teatro, Artes plásticas, música, fotografias!Sou do tipo de tem ALMA DE ARTISTA. Sou cheia de ideais e esse fato muitas vezes me leva à profundas decepções, mas também tem suas recompensas. Então fico com as recompensas!Tenho um propósito bem latente hoje: O COMBATE ÁS DROGAS. A Droga é um Câncer e não prejudica e mata só quem a utliliza, destrói também a família.Poesia, hoje para mim, é um modo de vida. Uma maneira que encontrei para descarregar sentimentos oprimidos. Então escrevo muito. Tenho poesias mirabolantes até as mais singelas.MÚSICA: ahhhh, a música, o que seria do ser humano sem uma melodia. Apesar de já ter feito piano, violão e flauta, não toco, mas gosto de ouvir as mais variadas canções e os mais variados artistas. Comecei a valorizar também a música sem rótulos. Sim. Aquele que seu vizinho compôs e você acha bonita, aquela que você compôs e gostaria de gravar. Eu, por exemplo tenho várias letras de músicas, só falta a melodia-por pouco tempo!O verbo desse blog é FAZER!Já deixei de ficar de braços cruzados a muito tempo. Sempre fiz. No meu tempo...mas sempre fiz!Consigo hoje, pensar 10 vezes antes de falar, pois posso magoar alguém ou minha fala pode ser fruto de uma mentira ou fofoca, então procuro cultivar a fala amorosa e deixar de lado a fala imprópria e inadequada.Por muitos anos analisei a palavra PERDÃO; e sinceramente acho muito difícil perdoar. Então arranjei uma saída: NÃO ME OFENDER! Dessa forma não preciso perdoar, porque não fui ofendida.Gosto muito de ler e estudar filosofia e ultimamente estou estudando doutrinas e religiões orientais.Apesar de não parecer, eu tenho uma tremenda habilidade para falar em público, principalmente com a platéia cheia. Quanto mais gente melhor.A DANÇA: é minha asa. Dançando consigo voar, plainar...Gosto de danças nas suas diversas formas, só não me convide pra dançar Funk.ARTES PLÁSTICAS: a pintura , seja ela qual for é o nosso retrato do dia. Gosto muito de pintar. Me relaxa e eu viajo nas cores. Gosto de Monet, Picasso e Portinari. Acho Da Vinci incrível, mas não faz meu estilo. Bem, adoro artistas desconhecidos, aliás são os que eu mais gosto.Quando a gente cresce, percebe que ser uma constante na vida é praticamente impossível. Nós somos seres de "altos e baixos", principalmente nos dias de hoje, onde as doenças mentais cresceram absurdamente. As pessoas hoje são tão preocupadas, correm de um lado para outro, as crianças sofrem de hiperatividade, ninguém tem gentileza no trânsito, ninguém tem mais paciencia.O mundo precisa urgente de uma palavrinha mágica chamada TOLERÂNCIA! A TOLERÂNCIA no meu ponto de vista, é a bola da vez desse século. E quando digo tolerância falo de sentido amplo. Tolerancia no trânsito, no trabalho, dentro de casa, ao telefone, com amigos, com estranhos, com a natureza, com o planeta, com VOCÊ! Sim. Temos que ser tolerantes com nós mesmos também. Se eu não consigo ser tolerante e amável comigo mesma, como conseguirei ser com quem está ao meu lado?É isso, aos poucos todos que entrarem ou participarem desse blog irão me conhecer um pouquinho melhor e o mais importante, se esforçarão para ser pessoas melhores.COMO NÃO POSSO MUDAR O MUNDO, VOU COMECAR PELAS PESSOAS!Larissa

Loading...